quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Cem Bons Dias Primaverl



Cem Bons Dias Primaveril

Sem amores de outono...
Sem ventos do sul ou do norte
Sem brincar com o destino e sorte
Sem agonia e noites frias sem inverno

Cem primaveras me refazem
Cem rosas vermelhas me oferecem
As flores me fortalecem
E meus olhos brilham vezes cem

Em cem primaveras renascidas
Em mil poesias refloridas
Entre flores de laranjeiras
Sem sonhos só brincadeiras

Assim eu floresço sem as fábulas
Sem Monteiros e sem boatos
Sem velhos sonhos só novos fatos
Cem poesias lindas sem versos chatos

Cem outros beijos de primavera
Cem lindos sonhos e sem quimera
Viver como Clarice sem nada de espera
Transmutarei poesias como Florbela

Podando amores sem lucro até os confins
Abrindo o coração á essa estação
Primaverando na planta do pé sem dores cem jardins
Abrindo os braços pra sentir sensação

Parindo só flores, sem abrir o coração
Sem orquídeas negras e sem atrevimento
Abraçando a luz me separando do vento
Semearei rosas em cada momento, um botão.

Nesse meu movimento primaveril
Vou brincar com o amor só primeiro de abril!!!!





Sonia Son Dos Poemas
Postar um comentário