quinta-feira, 7 de agosto de 2014



Dália Vermelha

Dália linda vermelha acalorando o ar...
Pétalas atraentes em feitiço de amar
Baila no ar altaneiro ao nosso olhar se lança
Encanta-nos tocar-te ao curvar faz dança...

Enfeitiçando os campos e hortos florestais
Tal qual a rosa domina os sentidos mortais
Pigmentada em rubra de pura simplicidade
Ornamenta a visão com ar de superioridade

Dália és flor de veludo...
Beleza que impera os quintais do mundo
Flor amorosa em vermelha paixão
Cores fecundas em qualquer estação

Flor dadivosa que reluz ao sol
Beldade que encanta qual um rouxinol
Dália feiticeira és rosa de pétalas reais
Com suavidade das herbáceas normais

Tua humildade faz-te singular no jardim
Flor majestosa com toques de querubim
Raios em ouro do sol que te banha
Bulbo dourados é de sua cor castanha...

Dália rainha e princesa imperial
Bela és tua flor tão comum quase banal
Beleza que coroa sem espinho
Vermelha é tua pétala cor de vinho

Son Dos Poemas

Postar um comentário