terça-feira, 30 de setembro de 2014


Aroma D' Vida

Perfumes que impregnam as narinas
Espalham cheiro de vida pelas surdinas
Descortinam os amores possíveis
Aglutinam outros perceptíveis...

Entra-o bem cedo pela luz da janela...
Espanta meu medo de viver nela
Tantos são os aromas e sabores
Amoras...Incógnitas d' amores...

Fragrâncias das flores e dos pecados
Cheiros de vida são dos Anjos recados
Olores de sonhos compassos esvoaçados
São como pingentes em nós pendurados...

Minha visão é meu som do coração...
Um som de verdade ao sol da razão
Um condão do mundo pura inspiração
D'onde nada virá tudo em linda canção

Uma alusão em pecado e perdão
Assim eu digo toda nudez será castiga não
Castigo é querer matar o amor que se sente...
O amor por si só ama e castiga a mente

Eloquente mente que nos conta verdade...
Quando os astros se alinham em cena saudade
Despencam lembranças como meteoros brilhantes
Iluminam o céu do meu dia com raios d'diamantes...

Son Dos Poemas
Postar um comentário