sexta-feira, 5 de setembro de 2014




Louca Aventura

Onde é que você está?...Nu alvorecer...
Ouço uma voz de poema me dizer
Vejo o amor maior que verso acontecer
Nascer como um poema lindo resplandecer 

Eu você o sonho e a fantasia em compor
Desvendar nossas páginas urdir Amor...
Engolir o sentimento digerir lentamente
Enxergar n’outro a beleza ler na mente...

Acariciar o momento ao amar com prazer
Derrubar os muros do passado e passar
Como uma nau insegura velejar...
Futurar sem futuro o presente viver

Ver... Quão bom é nadar em alto-amar 
Flutua em alto-mar sonhador feito um veleiro
Abraçar o amar feito navegador viageiro
Alçar voo sem direção e se encontrar...

Nua ousadia poesia e orvalho que influencia
Louca aventura é se amar onde o sol-se-põe
Horizontar distante nascer onde se expõe
Revelar o amor mais perfeito q’sá seria... 

A aparição de uma revoada de beijos
Mil centelhas de inspirações e ensejos 
Desvairada alma tão sozinha é andeja... 
Voa de lá para cá e só ama suspira e deseja...

Son Dos Poemas
Postar um comentário