quinta-feira, 4 de setembro de 2014



Som D' Lágrimas

Som das lágrimas que tocam o chão
Feito nuvem carregada de chuva
Cada gota que escorre em vão
Uma mão desfalcada de luva


Cada pingo da mais doce ilusão
Represada numa poça de lama
Faz molhar ao secar o coração
Silenciar o nome do amor em chama


Ao som lacrimal da paixão escorrer
Regar sobre as margaridas e murchar
Amarelecendo em cores pálidas viver
Morrendo de sede em rio por amar


Lacrimejando os olhos com água salobra
Ouvindo ópera balé e som, uivar feito loba
Em cio animal interminável e vadio
Se derretendo como vela queimando o pavio.


Som de lágrimas que vem de um poema
Editado com o som do coração
Rabiscando um romance de cinema
Com orquestra de anjos em estação.


Sonia Son Dos Poemas
Postar um comentário