domingo, 21 de setembro de 2014




Tempestade D’Amor

O dia que a poetisa...
Recebeu sopro de amor em forma de brisa
Carinho dos quatro cantos do planeta
Tempestade ar de amor d’forma perfeita

A magia das palavras do bem emanadas
Imenso sol de energias boas concentradas
Afagando minh’ alma com preciosidade
Fazendo-me feliz realmente de verdade!

Uma tempestade de amor me choveu
Gotas d’carinho e amizade meu coração leu
Fez-me sentir dentro do coração seu amor
Um véu descortinado á meu louvor 

Os sons mais lindos entoados para mim
Brinde dos Anjos que me fizeram tim tim!
Asas d’amigos abraços além dos meus horizontes
Rompendo a fronteira das mentes aos montes...

Almas estreladas lampejos de toda idade...
Voando até mim trazendo lume de felicidade
Anjos vestidos de amigos me abraçaram
Imenso cordão composto mil faces desfilaram...

Criaturas do bem que me quer também...
Beijos de bênçãos... Amém!

Son Dos Poemas
Postar um comentário