segunda-feira, 20 de outubro de 2014



Eu Morena 

Pele que o sol tocou e adorou...
Dourou-me d'ouro brilhante 
Fez-me açucena em flor diamante
De cor cintilante me adornou...

Nua é minha pele em cor de avelã
Castanha aromada de rosas de hortelã
Transparência que me faz doce como a cerejeira
Ser lua e ser mel para ser amada a vida inteira

Minha pele morena faz-me matizada
Cem por cento eu enluarada
Sou como a sombra que a lua clareia
Uma morena felina na lua cheia

Sou mulher feminina e serenada
Alva é minha alma romântica apaixonada
Provocada danço até tango na varanda nua...
Mostro minha cor de jambo faço ciúmes pra lua...

Tão alva essa musa dos poetas declamada
Face a face me prateia dá a deixa aclarada 
Decanta-me com teu cheiro madrugador insinuante...
Oh, lua!... Que me enciuma com olhar de dia amante...

Rouba minha fala ao som do cravo e do piano 
Grita meu nome com sonoro som palaciano 
Clareia-me e cala perfuma-me de canela em cor
Faz-me serena pele flor plena lua morena amor...

SOn Dos Poemas
Postar um comentário