segunda-feira, 20 de outubro de 2014


Meus Professores Poemas 

Aprendiz que me faz pupila de ti aluna...
Ter sustento em teus pilares completar a lacuna
Beber genuinamente tua fonte de saber brilhante
Faz-me pedra preciosa gema de diamante 

Será o poema do professor sujeito...
Ou o professor sujeito do poema?
Será ele quem é da poesia amor perfeito
Ou será amor perfeito da poesia dilema?

Professores são poemas falantes...
Versos professados consonantes
Com magnitude e harmonia 
Ensinam histórias, ciências ou geografia...

Matemática, literatura e poesia...
Mestres ilustres com inspiração e sabedoria
Tantas matérias unem em unidade ensinar 
Multiplicidade que torna seu plural singular

Em suma matérias compõem sapiência...
Chamo-os de poema por pura eloquência
Assim minha retórica faz-se canção e destoa
Com formatação meio lúdica vira gaivota e voa...

Revoa em minhas palavras em lumes de versos
Homenagem singela aos professores diversos
Confessos são meus brasões clarões emblema
Resumo suntuoso meu professor precioso poema....

SOn Dos Poemas
Postar um comentário