terça-feira, 14 de outubro de 2014


Mosaico De Ocasião

Neste caso faz sim o ladrão clandestino...
Rouba-me quase sem querer dizer...
Dispersa de mim a razão de ser
Sequestra meu coração esse paladino...

Deixa-me mais aluada precisamente
Faz-me súdita rainha em completude
Nessa ode imensa nossa odisseia ser plenitude 
Cativa é meu ser de você ternamente...

Inundada em águas de querer bem...
Prateada como a lua e pranteada também
Embalso meu mosaico com bálsamo de amor
Aromatizado de você perfumado encantador...

Apresto esses meus desejos emoldurados
Beijos de maçã com toques flambados
Digerindo meus sonhos agridoces e apimentados
Fecho meus olhos devoro meus pecados

Bebo louco amor na fonte, porém...
Mais e mais me sinto num labirinto refém
Navego em seus segredos meu medo do mar...
Afogo-me em minhas lágrimas sem medo de amar ...

Faço sentença de ti meu poema
Nesse imenso mosaico mote meu tema
Enquadro romance d'estrofes empoemados...
Meu mosaico de amor em versos apaixonados

Son Dos Poemas

Postar um comentário