sábado, 1 de novembro de 2014

Novembro Floral





Novembro Floral

Novembro é o protagonista agora  
Adentra nesse clima de primavera  
             Passaram-se um ano de espera eu lembro...
       O rugido do tempo acordou novembro...

O silêncio ficou nos sonhos ocultos
  Discreta as horas passadas são vultos
    E o culto agora é á vida em evolução...
         Personagem ávida da gente personificação

         Achega-se novembro aproximando verão...
        Traz uma rosa na boca e um poema na mão
    Abraça o horizonte com os olhos e acena
          Impregna o ar em aroma e faz valer a pena...

Espalha fragrância de magia avena...    
Garoa em flocos de poesia plena           
Flores de camomila inspiram poema    
Noites estrelada e poética extrema...    

   De novo poesia chuva d’ouro que abrolha
      Fé e esperança pede novembro em desfolha
    Vai libertando o semestre estilhando          
Fragmentando lembranças acumulando 

Conta lágrimas d’chuva atemporal        
Folhas secas e pálidas de verso floral    
Chora em gotas de dilúvio o coração     
Afinados com novembro nessa estação   

Ouço uma sinfonia com som erudito      
Linda melodia de novembro bem dito!


Son Dos Poemas
Postar um comentário