sábado, 14 de novembro de 2015

D’Alma D’Primavera


D’Alma D’Primavera

A alma é colorida e matizada...
O rubro mais divertido faz fluir
O esboço do sorriso vira risada...
E o meio embevecido agradece por vir

Anjos sorriem do pedestal radiante
Beija-flores bebericam mel d’primavera
O sol reluz sobre as pedras d’diamante
E tudo fica perfumado na atmosfera...

A dama soberana espalha seu buquê
Com poção floral perfuma os caminhos
Inspira a realidade por vezes clichê
Cobre o céu com manto de passarinhos

D’alma primaveril tudo se espera
A visão embriaga a garganta canta
A natureza conspira e suspira primavera
O mundo vira flores d'utopia e tudo planta...

Surta as loucuras d’todo pensamento
Parada dessa florista paisagista ambiental
Amor d’primavera com cheiro d’vento
Dama da estação Eva nua além do quintal...

Son Dos Poemas
Postar um comentário