quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Nostra Loucura



Nostra Loucura


N’outro plano nostro momento...
Num sonho cotidiano n’sopro do vento
Nos lençóis de pedras marinhas
Nas asas d’um lume de andorinhas...

Num livro escrito com tinta de magia
O encontrar cintilante d’almas acontecia
O voo no tapete mágico nostro sonho d’ amor
Asas de loucura a brandura d’ lua e d’ flor

O calor emanado dos corpos suados
Mel e vapor adocicando o sabor dos pecados
O jardim das delícias do reino das moneras
Suavizando o amargor com licor d’amoreiras

A vida inteira num segundo se permitindo...
O paraíso a cada minuto ao sol usufruindo
Nostra loucura em transe são e absintoso 
Nosso sabor doce do amargo meio jocoso...

Engraçado é abraçar a fantasia e viver o momento
Capturar amor escondido n’fragmento d’vento
Adentrar o portal da fantasia cheio de intenção
Singularizar amor que sente e sentia sem explicação

Os sorrisos, os beijos, as línguas entre dentes...
O amor escrito nas sombras dos dias fluentes
A transição das estações com o tempo estacionado
A loucura das sensações é o bem para o bem amado...

Um eclipse lunar de poemas em exposição
Uma nuvem de poesias e amor como inspiração...

Son Dos Poemas
Postar um comentário