quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Sô Assim



Sô Assim...

Se sentir que me amas...
Amar-te-ei infinitamente também
Contudo se d'mim fizeres cética
Ah poeta deixarei d’ver-te bem
Teu bem serei eu e outras tantas...
Lendas contadas pela boca d’ninguém


Sô assim shakespeariana meio piegas
Sonhadora mística Sô cortês
Timidamente Sô social 
Inversa p’ara mim é regra de três...
Benevolente sou até certo ponto
Onde encontro meu ponto X
Escrevo com giz minh' própria utopia
Na ponta dos dedos o G extasia ...

Sô assim amor polivalente 
Minh ’amostra é gratuita
Qual radiografia Sô transparente 
Quimicamente Sô só poesia escrita
Estagiária vivente aprendiz

O que sei nada sei sabedora...
Na vida da gente amor é força motora
Transforma o sofrer em ser feliz
Minh ’diretriz é seguir o vento
Saber sensório nossa mola motriz
E o pensamento pode mudar a direção.

Son Dos Poemas
Postar um comentário