quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Toda Mulher



Toda Mulher

Toda mulher é rosa
Vermelha porque é paixão
Pode transformar-se num minuto
Ao rompante da luz da razão
Se derreter com prazer e carinho
Criar asas e virar passarinho
Desabrochar sorrisos em lágrimas
Ser pétalas de serenidade
N'outro minuto pura verdade 
Usar de sedução e amar
Diante do espelho nua pousar
Dançar no clarão se pratear ao luar...
Toda mulher é Eva sedutora
Mãe filha médica é professora
Toda mulher é infinita versátil
É elegante vaidosa e bonita
É prática esquisita bem volátil
Portátil são nossas asas adaptáveis
Sem censura somos loucas insaciáveis
Possuímos toda e qualquer profissão
Se pintar insegurança colorimos nosso tempo
Se é o medo regido disfarçamos tudo faz sentido
A magia do vento voa ao nosso contratempo
Com a resignação de Maria nascemos
Toda mulher é meio maluca...Seremos?
Temos nossos rompantes
Pensamos...
Somos mulheres...


Son Dos Poemas

Postar um comentário