terça-feira, 21 de junho de 2016

Abraço em Agradecimento




Abraço em Agradecimento

Amor espalhado com o vento
Esparramado pelas fronteiras
Atravessando tempo e o espaço
Leva pelo ar recebe na rede...
Grande abraço!

Reciprocidade não é dever...
Mas educação faz retribuir
Por puro carinho agradecer
Viver é prazer, capricho aprender

Tão bom é sentir-se especial...
Que tudo que você faz reluz em ouro
O calor que emana dos amigos é especial
Essencial para mim tua amizade
Meu tesouro!

Hoje é o dia do abraço...
E se amanhã também não for
O que farei com este laço?
Onde despejo meu amor ?
Receba mais um abraço...

Esteja você meu amigo onde estiver
Lindo homem ou linda mulher...
Cem palavras não dobraria a ternura
Toda alegria que me presenteiam 
Atenção, carinho, afeto, candura...

Envaidecida sorrio pra vocês 
Recebo em afago além do virtual
A virtude é que torna REAL...
Sem interrogação agradecida
Tantos são os queridos, as queridas...
A vida me deu vocês de presente
Gostam d'mim e da poesia que faço
Recebam meu carinho eterno abraço!
Feliz dia do ABRAÇO Gente!

Son Dos Poemas 



Notícias do Mundo




Notícias do Mundo 

Semana do Meio Ambiente
Desde a pedra filosofal
Toda semana inteira permanente
P'ra a Terra é Fundamental!

Nada será amanhã igual
Se não aprendermos a reciclar
Filosofar somente é banal
Essencial cuidar do habitat pra habitar...

Hoje estampa a primeira página
Emplaca a chama de alerta
Bem maior do que se imagina
Aos olhos da menina e do poeta...

Sempre haverá deficiência
Um planeta falido por consequência
Se o homem não tomar p'ra si ciência
A recompensa será a decadência

Notícias do mundo e de nós...
Ambiente que carecemos amar
Água sem poluição para os rios
Plantio sem veneno é belo ar

Desde os primórdios esperança...
Cuidando do meio nosso templo
Deixaremos no futuro boa herança
O tempo todo, todo o tempo, bom exemplo!

A colheita será auspiciosa poesia...
O prazer de viver em abundância
Requer usar a natureza com sabedoria
O desperdício é vicio pura ignorância!

Son Dos Poemas 

Para todos Luz e Sabedoria!


Talvez Cântico







Talvez Cântico

Um cântico cantado
O alvo e a seta...
Um poema cifrado
A poesia do poeta
Acórdão na última estância 
Diz o arauto alonga distância...
Que seja verdade afirma
Se sintonia arrima...
Nossa sinfonia d'amante
Diz lealdade é um dom
Induz segurança apruma
A cor da pele dá á flor o tom
E a lágrima ao olhar abruma
O frisson amplia o gesto amado...
E todo o resto é contexto engembrado...
Faz compor o concerto clássico erudito
A música é o segredo guardado n'alma 
Completa a sentença o grau superior
Amor até o fim do infinito amor...

Son Dos Poema s




quarta-feira, 15 de junho de 2016

Do Barro Que Viemos




Do Barro Que Viemos

Amoldada em teu reino encantado
Em barros semelhantes pré-moldados
Num molejo dos dedos que faz gingado
O mais longo dos cortejos sentenciados...


Libertos são os desejos cantos de solfejos 
Barrados no baile onde o tempo são ensejos
Versos de poemas liras ao ar cantam alento
Talhados em poesia faz tempestade ser vento

Inspire-se com a brisa e sinta-me agora...
Um fino orvalho é minha alma que chora
Verte lágrimas poéticas em poesia de greda
Grita em seu silêncio é amor quem segreda

Salga os dissabores faz-me doce os suplícios
Diga ás estrelas que os raios do sol são resquícios...
Imaculada como a lua por seus olhos cândidos
Talhada é fibra minha d’alma barroca sou cânticos

Cozinho barreados ao vinho em fogo vaporoso
Jarros são de barro e nosso jeito de amar saboroso...
Ardido amor que tempera o vício do som...
Com pétalas de barro faz solo propício ser bom

Em brasa o barro de nós é matéria são prismas
Nossa primazia beijos são fogueiras... Sofismas... 
Cozer o barro em fogo brando faz vapor
Moldar a língua no céu de sua boca acende-me amor...

Son Dos Poemas

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Minha Intuição







Minha Intuição

Ligando você e eu...
Quando esse amor aconteceu?
Em que era em que lugar?
Estava bem aqui olhando o mar...


Ante era ontem amanhã sol imaginar
Meu amor não era de ninguém...
Um sonho era meu amor bem além...
Sonhava com você antes de você chegar...

Por efeito ou por magia...
Puro é feito amor de poesia...
Um mago das vias transcendentes 
Sente meu coração e minhas mãos quentes

Minha intuição despertando...
Tonta de tanto amar sentir o ar rodar
Olhando eu mesma matar-te de amar...
No céu estrelas eclodindo...

Explodindo sob a lente do olhar
Você e eu juntos sorrindo...
Colhendo estrelas e as espalhando no ar
Minha intuição me dizendo...

Nunca seria pouco para dizer-te... Amor...
Ainda que mil oferendas queimem em fogo 
Calei-me a voz, reparei minha intuição sussurrar porém...
Esqueci-me em seu peito e o meu coração também...

SOn Dos Poemas