quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Indexados



INDEXADOS

No mesmo índice
No cume do mundo
No mesmo vértice
No ápice aprazerado


No sabor dormente
Na língua de fogo
Na razão incoerente
No losango do jogo

O rei e o valete 
O blefe do apostador
O homem e o pivete
O xeque-mate do amor

Do jardim das Oliveiras
Á minha Fonte Áurea
A secura das figueiras
No d'ouro da láurea

No reverso d'alma
A partida mais louca
No beijo que acalma
Na fronteira toca a boca

Son Dos Poemas 
Sônia M. Gonçalves

Postar um comentário