quarta-feira, 7 de setembro de 2016

SE-PA-RA-CÃO



SE-PA-RA-ÇÃO

Se para o cão o bom alimento
Um prato cheio de ração 
Para o coração o provimento
Pode ser a dor da separação

Se falta amor nada funciona
Tudo fica emperrado na lama
Até o ar parado em torno estaciona
De que serve a cama sem alma?

O olhar sem o brilho que te acalmas
A sala de jantar é pra fazer as ceias
Não pra medir forças espancar ás palmas
Para separar é preciso unir as meias

Separação é a metáfora indecifrável
Seja esta imposta ou pretensão
O realizar da matéria é realizável
Irrealizável é a insuportável discussão...

Combinado então, nossa matéria é prima
Não dilaceremos o coração em vão
Suas rimas, minhas rimas, nosso prisma
A sina é nossa Se-pa-ra-ção...

Son Dos Poemas 
Sônia M. Gonçalves
Postar um comentário