domingo, 16 de outubro de 2016

Borboleteando Primavera



Borboleteando Primavera

Ando borboleta em tom tecida...
Num tom furta-cor primaveril
Borboleta ando de primavera urdida
Com a alma ardida d'amor a mil...

Sutil a vida é mantida florida
Enfeitada de prosas e ramos de rosas
De Sol de primavera permanente
Clonada em forma diversas glosas
Sofrida li Frida...

Esta tinha alma florida 
Porém ferida
Ando entontecida com tantas cores
Moldada arrumada comum arranjo
Embevecida no meio de tantas flores
A boca apetecida com papo de Anjo...

Tão doce entorpecimento 
Florir feito botões de flamboyant
Levitar feito flor de hortelã pelo vento
Sorrir á flor d'alma ao capim da manhã
Destilar o amor incomensurável

Abraçar o incomparável
A estação mais linda e memorável
Permanecer assim florinda
Borboleteando o meu centro
Primaverando-me por dentro 
Florindo pelo avesso de mim...

Son Dos Poemas 
Sônia M.Gonçalves
Postar um comentário