segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Meu Delito



Meu Delito 
Um sonho bonito
Estava escrito

No livro dos mistérios 
Que acordaria meus desejos 
Despertaria com seus beijos


Que viveria a magia do ser
Que seria escrita a poesia ao ler
Beberia a poção do encantamento

Ouviria a canção no sussurrar do vento
Dançaria nas nuvens do firmamento
Simplificaria tudo em ventura

Viveria você e te amaria com loucura...
Com ternura tu surgirias em mim
Cem censura seria meu diamante marfim

Estava gravado no infinito
Maktub assim estava escrito
Que seria meu crime pecador
Meu delito você eterno amor...

Son dos Poemas 
Postar um comentário