quarta-feira, 12 de abril de 2017

Sobre a banheira






Sobre a banheira...

Esqueci d'me lembrar...
Que não posso me esquecer
quando olhar em teu olhar
preciso eu sempre me ver

O bom senso diz p'ra eu viver...
Cantarolar p'ra eu mesma qualquer hit
ouvir meu próprio coração bater
sem marcar passos, pois a vida é um bit

Una unidade que pulsa em todo canto
amando "dele"o coração pulsante
amando do meu jeito e tudo que planto
repouso em ti num voo rasante...

Num despertar dos sentimentos
num desespero esquisito incólume
faço dos instintos bons pressentimentos
ouvindo aquela melodia cantar teu nome

Voo pra te cantar e dançarmos nus pelos campos
tomar banho d'bruma ao serenar da noite
enfeitiçar-te num passo de magia pelos cantos
ajudar o complô do universo dizer-te

Amo-te sem tempo no futuro do presente
desnudarei tua alma à minha maneira
beber-te-ei em cada bolha do vinho espumante...
Presente no cálice e na espuma da banheira.


Son Dos Poemas*SôniaMGonçalves
Postar um comentário