segunda-feira, 22 de maio de 2017

Cheia de Vida



Cheia de Vida
A vida é cheia de embutidos...
De comidas enlatadas 
Saladas cruas contaminadas
Detalhes entalados na garganta 
Versos entalhados no cerne 
Nas veias, ceias e jantas 
A vida é feita de observação
Labuta água com açúcar e limão 
Um manto de explosão um fio só de calma
Tantas poesias num canto específico d’alma... 
Poção doce, salgado do âmago pacífico
Por isso inteira, metade da laranja ao coração
A vida é uma cúpula de meias desculpas 
Curta é a mão dentro da luva ou não...
O tempo faz amansar os instintos...
Degustar um bouquet de vinho tinto...
Comer um buquê de queijo 
E pra tirar o gosto ás vezes insípido 
Um molho de beijos com perfume cítrico...


Son Dos Poemas#SôniaMGonçalves
Postar um comentário