segunda-feira, 22 de maio de 2017

Magia



Magia
Margeio um mundo de encantamento...
Quando o vento fala o idioma contrário
O feitiço perde-se no vão pensamento
E a rosa dos ventos gira sentido anti-horário

A magia faz acender a chamada paixão...
Um lume de beijos é pavio do estopim
Dez vezes é a justa prova da inquisição
E pós os desejos se flambam em mim

Sortilégios são sementes in naturas férteis
Nem preciso ver para crer como São Tomé
Amarelejadas folhas acenarem voláteis
Magia é viver de fato sem válvula d’escape

Margear o céu azul por fantasia lírica
Inspirar poesia em cordéis de borboletas
Na orla da lua decifrar a magia argírica
E todo encantamento lançar ás estrelas

Assim olho por magia a tintura do alcatrão
Vejo enluarada a subtração dos sentidos
Roubar-me o ar e enfeitiçar o coração
Numa súbita atração toda magia é poema.

Son Dos Poemas#SôniaMGonçalves
Postar um comentário