domingo, 11 de junho de 2017

Meu Olhar


Meu Olhar
Nos meus olhos pequenos amendoados
Versos em segredos catalisa-Amor
Meu olhar gigantesco observa-dor 
Duas lâminas afinadas ao prisma do teu
Páreas perolas negras em festa himeneu 
Espelhos d’águas em sais de cristais
Refletores de sonhos reais tecidos... 
Contextura pura da pele e teor pirético
Olho a olho no olho mítico do furacão
No olhar sobre-humano d’holística paixão 
No homem nu do horizonte e brio hipotético
N’ouro e prata do diafragma poético
Observante dos ritos dos ciclos
Das gemas do poema e universo psíquico
D’sabores destilados ao funil das papilas
D’um brilho destinado ao lago das pupilas 
Essa dupla castanhas de amêndoas 
Núcleo e citoplasma da flor das calêndulas 
Uma só lenda em flor de mim
Diversas escrituras
Um só Amor
Uma história
Sem fim...
Son Dos Poemas#SôniaMGonçalves
👁️
Postar um comentário