quinta-feira, 22 de março de 2018

Outoniço

A imagem pode conter: texto


Outoniço

Ou tô nisso ou tô no inverno
Bem outoniço madrigal antevejo
Pressuponho um pastoril interno
Um lindo outono cheinho de beijo

Outônico o coração é passarinho forte
Pra dissipar a saudade que me embruma
Neurônico espírito asado à minh’ própria sorte
No outono daltônico que minh’alma empluma

Outoniço no veranico dia lascivo e hibrido
Lembranças outonais felizes abundantes
Inspira-me uma lira regida em verso rígido
É suspiro dos colibris e corujas tonantes

Outono esperado, inspirado, romântico
Ao repousar em meus ombros a folha morta
Rasgadas dos arvoredos aos olhos tântrico 
Segredos banidos que minh’ alma comporta

Arrebenta no outono intrínseca pocema
Outona meu brado em bem outonar
Inerente a mim és meu onírico poema
Meu sonho mais louco é querer-te amar.

Son Dos Poemas
100%SMG
Postar um comentário