domingo, 22 de abril de 2018

Idília da Terra

A imagem pode conter: texto

Idília da Terra

Do cerne da terra é surgido o fruto luzido
Antídoto em poema do rei mais lustroso
Não tem desculpa o bruto é tempo perdido
O riso vale de lágrimas quando este culposo

Por todo canto há idílica planta conteúdo
Folhas secas ao vento são iguais pirilampos
É beleza que suplanta é mágico manteúdo
Encanto sustenido à ira dos angélicos mudos

São tantas locustas para liquidar plantações
Sepulcros beijos, adustos sangues, salsos sertões
Combustas loucuras à sepultar corações

Vem da terra a bebida seiva em mel suplementos
Em verdade prometida nosso berço, luz e acalanto 
Ah!..Hipotética vida éter até os quintos dos elementos

Son Dos Poemas
100%SMG
Postar um comentário